Postagem do FaceBook de Paulo Artaxo: “Pois é: as companhias petrolíferas sabem que chegaremos a 5 graus e trabalham para isso. Seus planos de negócios públicos mostram compromisso com 2 graus, mas os bônus dos executivos e acionistas sabem que na verdade são 5 graus”…

Os gigantes do petróleo Shell e BP estão planejando que as temperaturas globais aumentem tanto quanto 5 ° C em meados do século. O nível é mais que o dobro do limite superior comprometido pela maioria dos países do mundo sob o Acordo de Clima de Paris , que ambas as empresas suportam publicamente.

A discrepância demonstra que as empresas estão mantendo os acionistas no escuro sobre os riscos que representam seus negócios pela mudança climática, de acordo com dois novos relatórios publicados pelo grupo de ações de investimento Share Action. Muitos cientistas do clima dizem que um aumento de temperatura de 5 ° C seria catastrófico para o planeta.

ShareAction afirma que as ações das empresas colocam em risco o valor de pensões de milhões de pessoas. Dois anos depois, os acionistas da BP e da Shell votaram rotundamente a favor de forçar as empresas a divulgar detalhadamente os riscos climáticos, as empresas fizeram avanços pouco convincentes, de acordo com os relatórios.

ShareAction disse que a Shell e a BP estão cumprindo seus requisitos legais, mas estão colocando o capital dos acionistas em risco devido a inúmeras falhas em seus planos para o futuro.

Nem a empresa estabelece metas para reduzir as emissões e o investimento total da BP em tecnologias renováveis ​​e limpas realmente diminuiu desde 2005, segundo os relatórios. Isso é apesar da imagem pública da empresa de ser “além do petróleo”.

Veja matéria original e completa http://www.independent.co.uk

,
Similar Posts